Antiga Roma

Pintura

Da pintura, ficou-nos, essencialmente, a pintura moral, que encontramos a decorar as paredes de algumas domus. Os Romanos já faziam imitações de revestimentos de mármore representando cenas mitológicas dentro de molduras individuais, e paisagens fantásticas que aparecem enquadradas por janelas fingidas.

 

História da pintura de Roma Antiga (Versão Longa)

A pintura da Roma Antiga é um tópico da história da pintura ainda pouco compreendido, pois seu estudo é prejudicado pela escassez de relíquias. Boa parte do que Vesúvio hoje sabemos sobre a pintura romana se deve a uma tragédia natural. Quando o vulcão  entrou em erupção no ano 79 a.C.Soterrou duas prósperas cidades, Pompeia e Herculano. Grande parte da população pereceu, mas as edificações foram parcialmente preservadas sob as cinzas e a lava endurecida, e com elas suas pinturas murais decorativas. A partir do estudo desse acervo remanescente se pôde formar um panorama bastante sugestivo da fértil e diversificada vida artística da Roma Antiga entre fins da República  e o início do Império, mas esse conjunto de obras é na verdade apenas uma fracção mínima da grande quantidade de pintura produzida em todo o território romano no curso de sua longa história, e justamente por essa fracção ser muito rica, faz lamentar a perda de testemunhos mais significativos e abundantes dos períodos anterior e posterior, em outras técnicas além do fresco e de outras regiões romanizadas para além da Campânia.

Roma desde sua origem fora uma ávida consumidora e produtora de arte. Iniciando sua história sob o domínio Etrusco, desenvolveu uma arte que lhes era largamente devedora, a qual era por sua vez uma derivação da arte grega arcaica. Assim que conquistou sua independência entrou em contacto directo com a cultura grega  clássico-helenista, passando a assimilar seus princípios em todos os campos artísticos, inclusive na pintura. Tornou-se uma praxe a cópia de obras célebres e a variação sobre técnicas e temas gregos, e, segundo os relatos, a produção era enorme, a importação de originais também e pinturas gregas eram presas altamente cobiçadas na esteira das conquistas militares. Por causa dessa continuidade deve-se a Roma muito do que sabemos sobre a pintura grega , já que desta cultura não restou mais que um punhado de originais em território grego. Porém, o que foi importado ou produzido pelos romanos em imitação dos gregos também se perdeu quase completamente, o mesmo ocorrendo com a sua produção original. Ainda podemos ver alguns frescos esparsos e fragmentário espalhados em toda área antigamente dominada pelos romanos, mas se não fosse pela preservação de Pompeia e Herculano em tão bom estado, cujos murais são numerosos e de grande qualidade, a ideia que temos hoje da pintura tanto da Grécia Antiga como da própria Roma Antiga teria de se basear quase apenas em descrições literárias.

Exemplos de Pintura Romanas


 

 http://filosofiacienciaevida.uol.com.br/ESLH/Edicoes/15/imagens/i83253.jpg

 http://weblogs.clarin.com/antilogicas/archives/701.jpghttp://greciantiga.org/img/i/i459.jpg