Antiga Roma

Resumo

Conclusão, Roma detinha uma imensa metrópole universal, centro político, administrativo, económico e social de todo o império.

   A institucionalização do poder imperial, iniciado no séc. 27 a.C. por Octávio César            

   Augusto e constituiu um processo lento no qual é possível ter uma ideia: o poder fica nas mãos de um chefe que o exerce de modo pessoal.

 César Augusto conseguiu uma autoridade pessoal, absoluta e de carácter quase divino.

 Pontifex Maximus – Faz a ligação entre o mundo espiritual e o mundo terreno.

 Pax Romana: Clima de estabilidade  

A integração dos povos dominados

Factores de Integração dos povos dominados: 

 

Ø      Língua (para que houvesse um melhor entendimento entre os habitantes do Império)  O Latim

Ø      Administração Local (as cidades mais importantes passaram à categoria de municípios, para reforçar a unidade do império, o imperador Caracala, em 212 d.C. concedeu o direito de cidadania a todos os habitantes livres do império)

Ø      Exército (O domínio dos povos conquistados só foi possível através da acção de um exército que ao permanecer nas regiões, assegurava a manutenção da paz e da ordem);

Ø      Direito (conjunto de leis pelas quais os Romanos orientavam as suas vidas. Estas eram aplicadas a todo o império);

Ø      Rede de Estradas (estas construções permitiam uma rápida circulação dos produtos, dos soldados e cobradores de impostos).

Ø      Extensão da Pax Romana - a todos os territórios;

Ø      Concessão progressiva da cidadania a todos os habitantes do império.

 

·